Seu hospital/clínica/consultório quer estar presente nas redes sociais e não sabe por onde começar? Então leia essa dicas especialmente feitas para instituições de saúde!

1 – A primeira coisa a pensar quando começar a utilizar qualquer plataforma social é a confidencialidade do paciente e as regras da instituição quanto à exposição da marca da instituição.

 

2 – Considere a demografia dos usuários para escolher a melhor rede social para a sua empresa. Os Baby Boomers (40 – 50 anos), em geral, não estão fazendo snaps, provavelmente estão no Facebook acompanhando seus amigos de longa data e familiares. Já as gerações mais jovens, como os milenials (20 – 25  anos) tendem a usar o Snapchat, que é mais dinâmico.

 

3 – É necessário adequar o conteúdo para o seu público alvo. Para os mais jovens, a linguagem mais objetiva e descontraída, como se estivesse conversando com um amigo, com vídeos mostrando o dia-a-dia, são cruciais para estabelecer o vínculo. Para os mais velhos, é importante ter referências, recomendações de amigos e demonstrar confiança, o que pode ser feito com uma fanpage no Facebook.

 

4 – É importante certificar-se de que sua comunidade sabe que você está nas redes sociais. Para fazê-lo, promova a sua conta em seu site, blog, por e-mail até mesmo na recepção e área de espera.

 

5 – Certifique-se que você está publicando um fluxo de conteúdo estável e de alta qualidade. Não adianta postar a cada dois meses, é necessário uma programação semanal e comprometimento com a estratégia.

 

Leave a Comment