Estamos chegando ao meio do ano de 2016. Um ano que, em meio a tantos desafios, exige superação e reinvenção. Um ano para tirar as ideias do papel e transformar sonhos em realidade. Ano da criatividade, da inovação.

Até final de abril de 2016, cerca de 10 mil patentes foram depositadas no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), sendo destas 2.300 brasileiras, 18% a mais que o mesmo período do ano passado.

Muitas dessas patentes estão entrando no mercado por meio de empresas novas que buscam processos de aceleração especializados, como na Berrini Ventures, primeira aceleradora de startups em saúde do Brasil e promotora do Demo Day 2016, e a Artemisia, que tem foco em negócios que gerem impacto social.

Segundo estudo Global Entrepreneurship Monitor 2015 do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), houve aumento na taxa de empreendedores iniciais, que estão envolvidos na estruturação de um negócio do qual são proprietários há menos de 3,5 anos. Esse aumento foi determinado, principalmente, pelo aumento na taxa de empreendedores nascentes, que passou de 3,7% em 2014 para 6,7% em 2015.

Algumas startups que se destacaram esse ano são voltadas para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, como é o caso da Epistemic, vencedora do Demo Day 2016, que avisa o paciente com 25 minutos de antecedência da ocorrência de uma crise epiléptica por meio de dispositivos não invasivos. Aplicativos de celular também estão sendo desenvolvidos nesse sentido, como o Tagfit, que oferece apoio ao emagrecimento a partir de fotos do dia a dia dos usuários postadas na rede social.

Outras startups são voltadas para solucionar problemas de gestão de hospitais,  clínicas e consultórios, como a Vitta, segunda colocada no Demo Day 2016, que promove entre suas funcionalidades agendamento de consultas online e prontuário eletrônico customizável.  Outra startup que prometem movimentar o mercado é a Oxiot, que desenvolveu um dispositivo para monitoramento de consumo de oxigênio medicinal por paciente utilizando Internet das Coisas.

Os processos seletivos das principais aceleradoras procuradas por startups da saúde para 2016 finalizaram no último mês. Se você tem ou quer ter uma startup na área da saúde, antes de se candidatar a uma aceleradora, pergunte-se em qual fase de desenvolvimento está: Ideia, Protótipo, Validação, Comercialização ou Expansão? As oportunidades de aceleração e investimento aumentam quando a empresa já estiver nas últimas fases.

A contagem regressiva para os principais processos seletivos de aceleradoras para 2017 começa agora.

A FMC Consultoria em Saúde  ajuda na elaboração da patente, validação do protótipo, busca de investimentos, desenvolvimento do modelo de negócios,  go to market e preparação para aceleração.

Entre em contato com a nossa equipe e agende uma reunião inicial para avaliarmos a sua necessidade.

One Thought to “Contagem regressiva”

  1. […] a todos participar de eventos como este e tirar as ideias do papel, a sua ideia pode ser […]

Leave a Comment