O Ministério da Saúde (MS), o Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Ministério da Educação (MEC) lançaram em 02/06/16, a Chamada Pública para Prevenção e Combate ao Vírus Zika. A chamada é uma resposta do Governo Federal a esse importante problema de saúde pública que o país vem enfrentando, que é o aumento do padrão de ocorrência de casos de microcefalia em bebês relacionados à infecção pelo vírus, em diversas Unidades da Federação (UF). A Chamada disponibilizará um total de R$ 65 milhões de reais, para as pesquisas, sendo que os recursos serão aplicados em bolsas, custeio e capital.

 

 A Chamada Pública contempla nove linhas temáticas de pesquisa, a saber:
I: Desenvolvimento de novas tecnologias diagnósticas;
II: Desenvolvimento e avaliação de repelentes;
III: Desenvolvimento e avaliação de estratégias para controle de vetores em seus vários estágios de desenvolvimento;
IV: Desenvolvimento de imunobiológicos;
V: Desenvolvimento de tecnologias sociais e inovação em educação ambiental e sanitária;
VI: Inovação em gestão de serviços de saúde, de saneamento e de políticas públicas;
VII: Imunologia e virologia;
VIII: Epidemiologia e vigilância em saúde;
IX: Fisiopatologia e clínica.

 

As propostas submetidas à Chamada Pública deverão estar acompanhadas de arquivo contendo o projeto, e devem ser encaminhadas ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), exclusivamente via Internet, até a data limite de 10/08/2016, conforme ATUALIZAÇÃO sobre a PRORROGAÇÃO da data para Inscrições de novas Propostas, disponível aqui.
 
Outras Informações consultar aqui.

Leave a Comment